19 março 2013

Como escolher uma guitarra ou violão

Para seu primeiro violão ou guitarra, é mais seguro ir a uma loja de instrumentos musicais conhecida, que comprar de segunda mão. Há violões e guitarras de todos os preços. O mais sensato é você comprar o melhor modelo que puder. Lembre, porém, que é comum achar um instrumento barato, mas difícil de tocar. Isso pode tirar a sua motivação para aprender e praticar. Veja abaixo alguns conselhos básicos para a hora da compra.

Verifique se o braço da guitarra ou do violão não está empenado. Segure a guitarra ou violão como se fosse um rifle e alinhe seu olho com a linha do braço. Você deverá ver uma linha reta, se houver qualquer dobra ou flexão, a afinação do instrumento é ruim. Se o braço do instrumento estiver empenado ou arqueado, o violão ou guitarra desafinará em certas notas. Nos casos mais graves, é quase impossível tocar.

Veja bem a “ação” da guitarra ou do violão, ou seja, verifique a distancia entre o alto do 12º traste e a parte de baixo de cada corda. Se ela for superior a 3 mm, será mais difícil apertar as notas ou prender os acordes.

Gire com cuidado as tarrachas – os seis cravos de afinação das cordas que ficam na ponta do braço. Se elas estiverem muito frouxas, a guitarra ou o violão, poderá ter dificuldade em manter a afinação.



15 março 2013

Faça você mesmo as suas palhetas



Para fazer as suas palhetas, siga as dicas abaixo:

Materiais necessários:

  • Uma palheta de guitarra, para marcar o contorno.
  • Um marcador. A ponta da faca ou tesoura pode ser usada, se você tiver a coordenação para fazer isto sem se ferir.
  • Faca ou tesoura
  • Uma material plástico 

Dicas de materiais plásticos que podem ser usados:
  • Cartões de clube, hotéis
  • Cartões de desconto
  • Cartões de presente
  • Cartões de crédito ou de banco velhos
  • Fundo de recipiente de margarina ou manteiga
  • garrafas pets 

Fazendo Palhetas

Passo 01 

Encontre um pedaço de plástico que possa ser utilizado para palhetas, lembrando que é importante observar a qualidade do material, para que a sua palheta não se quebre facilmente e nem fique dura demais.

Passo 02 

Usando um marcador, trace o contorno de uma palheta no plástico.

Passo 03

Usando um cortador, ou uma boa tesoura ou faca afiada corte com cuidado a nova palheta de acordo com o formato marcado.


Passo 04

Para alisar as bordas da sua nova palheta, utilize uma lixa comum.


Agora basta pegar a sua guitarra ou seu violão e estudar e praticar bastante!



12 março 2013

Aprenda de modo rápido e sem complicações!


Todos os cursos de violão e guitarra do Grupo ArtMaia Music são acompanhados de Módulos de estudos teóricos e práticos coloridos, CDs didáticos, Vídeo aulas selecionadas na área vip, Suporte do professor on-line, 2 afinadores virtuais, programas exclusivos e completos (Dicionário de acordes, Editor de tablaturas, metrônomo, etc…), Exercícios musicais cifrados, páginas para exercícios e anotações musicais (tablaturas, acordes e partituras), Repertório selecionado; mais de 2000 tablaturas para exercicios, Senha personalizada de acesso a  exclusiva área Vip ArtMaia, onde disponibilizamos um grande material de apoio aos estudos (vídeos, exercicios, etc…), Carteira de estudante e Certificado de Conclusão.
  Para aprender a tocar com os cursos do Grupo ArtMaia Music, basta apenas ter um instrumento musical seja ele violão ou guitarra e dispor ao menos de 4 horas semanais para praticar no instrumento e estudar as lições que são explicadas passo a passo. Conheça todos os cursos a distância oferecidos pelo Grupo ArtMaia Music clicando aqui.

11 março 2013

Curso de violão - As cordas no violão

Antigamente as cordas eram feitas de tripa de animais, atualmente são feitas de metal ou náilon, as de náilon geralmente são utilizadas em violões clássico e flamenco. As cordas de metal amarelo e as de náilon não funcionam em guitarras.

Nos violões de 12 cordas elas são afinadas em pares de oitavas.

Tensão

O excesso de tensão pode arrebentar as cordas e até empenar o braço do seu instrumento, por isso afine sempre o violão pelo diapasão, pois a tensão máxima aceita pela maioria dos violões é um tom acima do diapasão.

Mantenha as cordas limpas evitando a perda de elasticidade, o desgaste e a ferrugem causada pelo suor dos dedos que prejudicam o tom e contribui para a diminuição do tempo de utilização das cordas.

As técnicas de toque pesado contribuem para o encurtamento do tempo normal de duração das cordas também.

 Instalação das Cordas

Esticar com os dedos as cordas após a afinação, é uma técnica para evitar que as cordas tenham que ser afinadas várias vezes.

Ao instalar as cordas tome cuidado para não dobra-las, isto é muito comum acontecer. Soltar as cordas por igual, para evitar envergar o braço; o correto é soltar uma volta para cada tarracha.

Evite o uso de cordas de aço em violões clássicos, alguns violões são projetados para cordas de náilon, e quando utilizamos cordas de aço nestes violões corremos o risco de empenamento do braço.

Quando o instrumento não for utilizado por um longo período é aconselhável que as cordas sejam afrouxadas.

Mantenha o violão longe do seu rosto e do rosto de outras pessoas enquanto o afina, as cordas quando arrebentam podem causar ferimentos.