15 janeiro 2019

Vamos tocar violão?


Curso de Violão e Guitarra - Dicas


Ao comprar um instrumento nunca compre apenas pela cor, ou pelo visual, verifique o acabamento, a sonoridade e a qualidade do material usado em sua construção. No caso de instrumentos de cordas verifique a distância que existe entre as cordas e o braço do instrumento. Pois instrumentos com cordas altas dificultam a execução, principalmente no caso de quem ainda está aprendendo. Se você não tem nenhum conhecimento é sempre bom pedir a ajuda de um músico qualificado na hora de comprar seu instrumento.

No caso do violão, se você ainda é iniciante e tem pouca prática, não use cordas de aço, elas são mais duras que as de nylon e cansam bem mais os dedos; uma vez que, não se deve mudar de cordas do violão de nylon para aço e vice-versa, pois cada instrumento é fabricado para cada tipo de cordas e geralmente nunca fica bom mudar a especificação de cada um.

Ao trocar as cordas de seu instrumento, nunca troque pela metade, ou seja, umas e outras não. Se você trocar apenas algumas cordas, seu instrumento continuará com a mesma sonoridade ruim como se não tivesse trocado. Por outro lado, cordas devem ser trocadas a cada 4 ou 6 meses, conforme o uso. 

30 novembro 2018

Manual dos Acordes de Violão e Guitarra - Versão 2019


MANUAL DOS ACORDES DE VIOLÃO E GUITARRA
Versão digital 2019
(Enviado via download)

  Este manual é um guia completo de estudos com mais de 1000 acordes essenciais para quem toca rock, folk, pop, blues, country, bossa nova, jazz e clássico. Os mais importantes e mais utilizados acordes para violão e guitarra, estão reunidos neste manual e explicados em diagramas, fotos e dicas complementares para facilitar o estudo. Ideal para iniciantes e também para alunos e instrumentistas mais experientes, conta também com seções adicionais para que você possa entender com facilidade como são montados e representados graficamente os acordes nos diagramas. Todas as explicações teóricas e práticas são objetivas, para que o aprendizado seja rápido e sem complicações.

     Se você está começando a estudar agora ou simplesmente precisa relembrar ou aumentar o seu vocabulário de acordes essenciais, com certeza este manual é um excelente recurso.



O Manual dos Acordes de Violão e Guitarra  na versão digital para download é enviado através de um link seguro do nosso provedor acompanhado dos seguintes utilitários:

AFINADORES (2 afinadores virtuais para você afinar o seu instrumento rapidamente, utilizando o seu PC)

METRÔNOMO VIRTUAL

DICIONÁRIO VIRTUAL DE ACORDES (Software na versão completa com número de registro)

PÁGINAS PARA EXERCÍCIOS E ANOTAÇÕES MUSICAIS (Vários modelos com tablaturas, partituras e acordes em branco para o aluno imprimir e utilizar em exercícios e anotações)


   Com o Manual dos Acordes de Violão e Guitarra na versão digital (via download) você irá receber também o Dicionário de Acordes Essenciais para Violão e Guitarra (Módulo apostilado digital - E-Book) e a senha de acesso a exclusiva Área Vip ArtMaia, onde disponibilizamos um grande material de apoio aos estudos, como vídeos, exercícios, métodos, etc...

  Para adquirir o Manual dos Acordes de Violão e Guitarra (Versão digital) – Enviado via download no preço promocional de R$5,90, faça agora o seu pedido e pague através do Uol - PagSeguro, ou a vista com desconto de 10% em depósito ou transferência bancária.



Alterando tons: o capotraste


O Capotraste é um dispositivo para mudar a tonalidade que você prende no braço de sua guitarra ou seu violão, próximo ao traste, da mesma forma com que você pressiona uma nota. Isso tem o efeito de deslocar a pestana (ou "traste zero") mais para cima no braço da guitarra ou violão. Alguns guitarristas pensam que usar um capotraste é roubar no jogo, mas não se pode ignorar que músicas muito boas foram gravadas com essa "pequena grande" ferramenta. Capotrastes são utilizados com mais frequência por guitarristas solistas para mudar sequências de acordes abertos para um tom mais alto, tanto para o benefício de um vocalista, como para simplesmente fazer a guitarra ou violão soar com mais clareza e com menos peso quando se toca alternando acompanhamentos de base. 


Muitos músicos de bluegrass, country e música popular tocam sempre com um capotraste, cantores e compositores como Bob Dylan e James Taylor também o usaram em muitas músicas famosas. Capotrastes estão disponíveis para violões e guitarras acústicas e elétricas, por isso vale a pena pedir um conselho na sua loja de instrumentos local, para ter certeza de qual é o tipo certo para o seu instrumento antes de comprá-lo.

06 novembro 2018

Curso Completo de Violão e Guitarra - Aprenda de modo rápido e sem complicações!

http://www.artmaiashop.com

    O CURSO COMPLETO DE VIOLÃO E GUITARRA da ArtMaia é sem dúvida o maior e melhor material de estudos musicais já disponibilizados no Brasil. O Curso foi elaborado para oferecer todas as informações necessárias passo a passo para quem está iniciando, ou mesmo para quem já toca um pouco e quer aprimorar os seus conhecimentos. São aulas teóricas e práticas, explicadas através de textos leves e detalhados, fotos e gráficos coloridos exclusivos divididos em livros digitais com mais de 850 páginas e você ainda conta com aulas gravadas e o suporte do PROFESSOR ONLINE para esclarecer todas as suas dúvidas. Você estuda nas horas vagas, e no final do curso após enviar a sua avaliação geral receberá o CERTIFICADO DE CONCLUSÃO atestando que você concluiu os seus estudos com sucesso.

    Adquirindo o CURSO COMPLETO DE VIOLÃO E GUITARRA, você receberá o seguinte material de estudos juntamente com o manual do estudante:

MATERIAL DE ESTUDOS DO CURSO

http://www.artmaiashop.com

CURSO DE VIOLÃO E GUITARRA  (7 módulos em formato E-books com 370 páginas coloridas, com aulas teóricas e práticas, exercícios, testes e gabaritos para correção ) – Nível Básico
CURSO DE VIOLÃO (1 Módulo com 285 páginas coloridas, contendo todas as informações e aulas necessárias para você aprender a tocar rapidamente) – Nível Básico e Intermediário
CURSO PRÁTICO DE GUITARRA (1 módulo de Teoria e Pratica de Guitarra com exercícios para você se transformar em uma fera no assunto)
APOSTILA DE GUITARRA (Técnicas e exercicios de nível intermediário)
TRANSTON - TRANSPORTADOR DE TONALIDADES PARA VIOLÃO E GUITARRA (Aprenda a transportar as tonalidades e colocar as músicas no seu tom de modo rápido, prático e sem complicações. Produto acompanhado do manual de utilização)
CURSO DE TEORIA MUSICAL (Apostila completa com explicações passo a passo)
CURSO BÁSICO DE HARMONIZAÇÃO (Módulo Apostilado Digital - Nível Intermediário)
ESCALAS E MODOS GREGOS (Módulo de estudos teóricos e praticos com explicações detalhadas sobre as escalas musicais e modos gregos.)
APOSTILA TEÓRICA E PRÁTICA PARA VIOLÃO, GUITARRA, BAIXO, BATERIA E GAITA(Módulo apostilado contendo explicações teóricas e práticas)
APOSTILA DE VIOLÃO - NOÇÕES BÁSICAS (Apostila prática com explicações sobre ritmos, tablaturas, efeitos, acordes e outros assuntos que fazem parte do vocabulário básico de todo instrumentista).
DICIONÁRIO DE ACORDES ESSENCIAIS PARA VIOLÃO E GUITARRA (Módulo apostilado digital com todos os acordes mais usados e suas variações alternativas).
O BÁSICO DA TEORIA MUSICAL (Apostila com os assuntos que você precisa saber para ler partituras).
MODOS GREGOS (Módulo apostilado com explicações e exemplos).
PÁGINAS PARA EXERCÍCIOS E ANOTAÇÕES MUSICAIS (Vários modelos com tablaturas, partituras e acordes em branco  para o aluno imprimir e utilizar em exercicios e anotações)
2000 TABLATURAS PARA EXERCICIOS
57 AULAS GRAVADAS COM EXPLICAÇÕES PASSO A PASSO DAS LIÇÕES DO CURSO
VÍDEO AULAS SELECIONADAS (Mais de 50 vídeo aulas com dicas e explicações teóricas e práticas disponibilizadas na área Vip)
EXERCÍCIOS, LICKS E RIFFS SELECIONADOS (Pratique com exercícios de blues, country, funk, jazz, rock, swing, exercícios de cromatismo, tapping licks, escalas, etc...)
EXERCICIOS EM FORMATO GUITAR PRO (Milhares de tablaturas com exercicios musicais variados)
COMO TIRAR MÚSICAS DE OUVIDO (Módulo apostilado com explicações e dicas básicas)
LIVRO DE REPERTÓRIO
CIFRAS COM RITMOS EXPLICADOS PARA VIOLÃO E GUITARRA
AFINADORES
METRÔNOMO VIRTUAL
DICIONÁRIO DE ACORDES
EDITOR DE TABLATURAS
EXERCÍCIOS MUSICAIS CIFRADOS
SENHA DO SUPORTE PROFESSOR ONLINE
SENHA DA  ÁREA VIP  ARTMAIA
CARTEIRA DE ESTUDANTE
CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

                   Nossos  alunos  recebem também uma senha de acesso a exclusiva ÁREA VIP ARTMAIA, onde disponibilizamos um grande material de apoio aos estudos, como vídeos, exercícios, etc...

http://www.artmaiashop.com

Veja abaixo alguns assuntos que fazem parte do programa de aulas do curso:

O Principiante / O violão / A Guitarra / As cordas / O agudo e o grave / A mão direita / A mão esquerda / Exercícios / Escalas e notas musicais / Acordes / Cifras / O tom maior e o tom menor / Anatomia do Violão / Cuidados com o instrumento/ A postura / Técnicas da mão esquerda/ A palheta/ Como usar a palheta / Os acordes básicos / Tipos de palhetas/ Exercícios para a mão direita / Exercícios com palheta/ Exercícios para a mão esquerda/ Ritmos/ A Pestana/ Acordes com pestana /Efeitos eletrônicos / Anatomia da guitarra / Os captadores / Afinação / Solos práticos / Os tons e os semitons / localização das notas no braço do instrumento / Conceitos básicos sobre a música/ O acompanhamento/ O sustenido/ O bemol/ A escala diatônica/ A escala cromática/ Os ritmos mais usados/ Seqüências rítmicas/ Os graus da escala/ A teoria dos três acordes/ Tablaturas/ Os acordes na tablatura/ O dedilhado na tablatura/ As dúvidas mais comuns/ Como trocar as cordas/ Como melhorar a ação das cordas/ Escalas/ Entendendo as escalas maiores/ Construindo as escalas maiores/ Cromatismo/ Exercícios de cromagem / O mapa das notas/ Como obter notas oitavadas/ Transportando acordes com pestana/ Exercícios de prática de escalas/ A teoria da construção dos acordes/ Músicas cifradas/ Transporte de tonalidade/ Progressão de acordes/ Intervalos/ Classificação e análise dos intervalos/ Intervalos compostos/ Escala menor natural/ Tríades/ estudando a construção de tríades/ Padrões de dedilhados/ Seqüências dedilhadas/ Acordes relativos/ Notas enarmônicas/ Ritmos Brasileiros/ Trocando as cordas da Guitarra/ Técnicas de Solo/ Hammer-on/ Pull off/ Bend/ Slide/ Dicas, exercícios e tablaturas/ Curiosidades musicais/ O tom de uma música/ Os acordes principais de um tom/ Pequeno dicionário de acordes/ Padrões rítmicos/ Dedilhados e levadas/Tríades / Escalas / Campo Harmônico / Harmonização / Inversões / Digitações / Padrões Melódicos / Padrões rítmicos / Princípios de harmonia / Formação de Acordes / Acordes Dissonantes / Estilos musicais / Como tocar Intervalos / Como ler e entender as partituras / Exercícios e Dicas / Variações do bordão / Ritmos e acompanhamento / Técnicas instrumentais / Escalas Pentatônicas / Músicas e Tablaturas / Substituição de Acordes, Improvisos, etc…

http://www.artmaiashop.com

                    Se você não sabe tocar Violão ou Guitarra, ou sabe muito pouco e quer aprender de verdade, através de um curso feito na medida certa para você, venha estudar conosco. O GRUPO ARTMAIA MUSIC, tem 14 anos de existência, com mais de 25 mil alunos cadastrados! Entre hoje mesmo para o maravilhoso mundo da música. Para maiores informações sobre o curso, clique aqui.



23 abril 2018

Curso de Violão e Guitarra - O Violão de 12 Cordas


É um instrumento acústico com 12 cordas em 6 pares, o que produz tom e toque mais rico do que um violão de seis cordas padrão.Essencialmente, é um tipo de violão com um natural efeito de coro devido às sutis diferenças nas freqüencias produzidas por cada uma das duas cordas de cada par.
Um violão de 12 cordas é um violão comum como todos os outros. Porém ele tem uma construção mais detalhada, mais difícil e pesada. É feito para suportar 12 cordas ao invés de 6, então tudo é mais reforçado: cavalete, corpo, braço e Headstock. Ele possui 12 cordas, como o nome já diz. As cordas são agrupadas de duas em duas, formando assim 6 pares. Essas cordas são semelhantes ao violão de 6 cordas, ou seja, as cordas que ficam agrupadas são iguais. Sendo assim ele terá as mesmas cordas de um violão comum, mas terá essas cordas em um número dobrado.  As cordas que ficam agrupadas possuem a mesma afinação, ficando assim: E E B B G G D D A A E E . Então para afinar um violão de 12 cordas basta ter um afinador comum para violão ou afinar normalmente de ouvido. Agora veremos a técnica e a execução no violão de 12 cordas.
Sempre ou quase sempre há aquela dúvida: Dá pra fazer bend em violão de 12 cordas? Tem como fazer solos em violão de 12 cordas? Como é palhetar em um violão de 12 cordas? Como são executados os acordes? Dúvidas e mais dúvidas se repetem, afinal nada sabemos de um Instrumento que não conhecemos não é mesmo? Vamos então para a explicação: Para você executar acordes comuns no violão de 12 cordas é exigido uma alta praticidade em fazer pestanas. Isso mesmo, pestanas em acordes comuns! Como as cordas são agrupadas de duas em duas, para fazer um acorde que você apertava uma corda no violão comum, você irá apertar duas cordas no violão de 12 Cordas. E se já é difícil fazer um acorde comum, imagine um acorde com pestana? É dificuldade dobrada comparada ao violão comum. A pressão que você tem que fazer é maior, já que o braço do violão tem 12 cordas para pressionar. Mas embora a pressão seja maior, o truque certo é o mesmo, depois de um tempo treinando, a força não será tão necessária já que o que irá contar mesmo é a prática. Quanto aos bends a resposta é: quase Impossível! As cordas são próximas demais, então para você fazer um bend é necessário muita força, além de muita prática. Solos são possíveis, mas solos rápidos podem não ser executados nunca. O melhor mesmo é usar o violão de 12 Cordas como violão base. Outras técnicas são possíveis, mas somente depois de muita prática no instrumento.

http://www.artmaiashop.com


Design
As cordas são colocadas aos pares, que geralmente são tocadas juntas. Nos 4 pares mais graves as cordas são normalmente afinadas em oitava, enquanto os 2 pares agudos estão afinados em uníssono. A afinação da segunda corda no terceiro par (G) varia: alguns músicos usam o par oitavado o que é mais comum, outros usam o par em uníssono. Alguns violonistas,  sejam em busca de tom distintivo ou para a facilidade de tocar, removem algumas das cordas duplas. Por exemplo, ao remover a oitava superior dos três pares de baixo executa-se linhas de baixo, mais limpas, mas mantém as cordas extras agudas. As cordas geralmente são organizadas de tal forma, que a primeira corda de cada par a ser atingido em um movimento para baixo é a seqüência de oitava mais aguda, no entanto, esta ordem foi revertida pela Rickenbacker em sua guitarra elétrica modelo 360/12 popularizada por George Harrison na época dos Beatles. A tensão colocada sobre o instrumento pelas cordas é alta, e por isso, violão de 12 cordas tem uma reputação de deformação após alguns anos de uso, principalmente em alguns modelos que não possuem os tradicionais suportes estruturais para prevenir ou adiar esse destino, em detrimento da aparência e tom. Até a invenção do tensor de 1921, violões de doze cordas foram quase universalmente ajustados, inferior ao E A D G B E tradicional, para reduzir as tensões sobre o instrumento. O violonista de blues Leadbelly usava freqüentemente a afinação em C, mas em algumas gravações podem ser reconhecível B ou A. Alguns artistas preferem a riqueza de uma afinação aberta, devido ao seu quase som orquestral. A mais usada é a afinação aberta em D, do grave para o agudo D A D F# A D ou também em G. Uma gama habitual de afinações de guitarra também estão disponíveis.
 O violão de doze cordas é mais usado para acompanhamento do canto seja no rock ou música popular. Isso acontece porque tocar individualmente os pares do violão de doze cordas requer muito mais habilidade e força do que em um violão. Alguns músicos de hard rock e rock progressivo usam violões ou guitarras com dois braços, que têm ambos seis cordas e de doze cordas, permitindo a transição rápida entre diferentes sons. O maior número de cordas torna a vida do violonista árdua. A diferença entre os pares de corda é geralmente mais estreita do que entre os cursos de cordas de violão comum de seis cordas convencional, de modo que é necessária mais precisão com a palheta ou dedo quando se arpeja. Geralmente não é um instrumento dado a frases de alta velocidade. O grande barato do violão de doze cordas é o uso constante de notas pedais que transformam o som do instrumento em algo muito grande. Os violões de doze cordas são feitos em ambas as formas: acústicos e elétricos. No entanto, o acústico é mais comum.

Efeito Chorus
As fileiras duplas de cordas do violão de doze cordas produzem um efeito de coro, porque a seqüência de sons individuais com aproximadamente o mesmo timbre e quase (mas nunca exatamente) o mesmo tom convergem e são percebidos como um só. Quando o efeito é produzido com sucesso, nenhum dos sons constituintes é percebida como sendo fora de sintonia. A interferência entre as freqüências ligeiramente diferente  produz um fenômeno que resulta em uma sonoridade de ascensão e queda de intensidade, muitas vezes considerado agradável ao ouvido. O efeito é mais aparente quando se ouve as notas que sustentam por longos períodos de tempo e é bastante conhecido pelo nome de chorus.

05 dezembro 2017

Curso de violão e guitarra - A postura correta no violão popular e violão clássico

http://www.artmaiashop.com
A Postura no Violão Popular: A postura no violão popular é bastante simples. Como normalmente fazemos, apoiamos o corpo do violão na perna direita. Colocamos o braço por cima do corpo do violão e posicionamos a mão perto da boca do violão (boca é o furo que tem no meio do corpo do violão). Após fazer isso, devemos colocar a mão esquerda no braço do violão e começar a executar os movimentos necessários: acordes solos e etc. Para fazer tudo isso, é preciso sentar em um lugar bem apoiado (tipo um banquinho) e manter a coluna reta. 

http://www.artmaiashop.com

A Postura no Violão Clássico: A postura no violão clássico é mais composta. Devemos apoiar o corpo do violão na perna esquerda, portanto você terá que abrir um pouco a perna direita para que o corpo do violão caiba entre as suas duas pernas. O violão deve ser inclinado um pouco para baixo para facilitar o acesso da mão esquerda no braço do instrumento. A posição do braço e da mão são as mesmas que a do violão popular. Essa posição é necessária porque os violões clássicos não costumam possuir Cutway (aquela inclinação no corpo que facilita o acesso as casas mais agudas), então essa posição, acaba facilitando o acesso às casas mais agudas do violão por parte do músico.

http://www.artmaiashop.com

Qual a forma correta de sentar? Você deve ter de preferência um banco onde você possa apoiar o pé. Esse apoio pode ser um pouco alto. Você deve sentar no banco e deixar sua coluna reta. Deixar a coluna inclinada, cabeça baixa, e a postura errada podem lhe causar sérios problemas futuros.

http://www.artmaiashop.com

A Posição das mãos: A mão direita deve ficar sobre a boca do violão, na parte de cima das cordas. O dedo polegar deve tocar os bordões (cordas mais graves) e os outros dedos devem tocar da primeira até a quarta corda. Também pode ser usada a palheta, que apenas exige que o dedo polegar e o indicador se juntem para apertá-la. A mão esquerda é a responsável pela execução de acordes, solos e etc. O dedo polegar deve ficar atrás do braço, e possui diferentes inclinações para cada tipo de acorde. Se for um acorde com pestana, por exemplo, o dedo polegar fica na parte de baixo da parte de trás do braço. Os outros dedos (indicador, médio, anular e mínimo) ficam apertando as cordas nas determinadas posições. No caso dos violões cutway's, quando é preciso apertar as cordas dentro da inclinação do cutway, o dedo polegar fica livre, pois não tem como ele apertar a parte de trás do violão.

http://www.artmaiashop.com

É necessário ter uma unha grande no polegar? Não. É útil, mas não necessário. Você usa a unha para tocar o baixo (a parte mais grave) dos acordes, mas esse papel também pode ser feito apenas pelo dedo. Se você toca teclado e violão, por exemplo, não poderá ter a unha grande, pois a unha grande irá lhe atrapalhar na hora de tocar o teclado. Então nada melhor do que comprar uma unheira (uma espécie de palheta que é presa no dedo polegar) ou uma dedeira (uma espécie de palheta que se encaixa nos outros dedos, menos no polegar). Fazendo isso você  poderá tocar violão e teclado (por exemplo), sem ter nenhum problema.