16 dezembro 2013

Violão e Guitarra - O que é campo harmônico?

 Toda música possui um tom. Isto quer dizer, que toda música ao ser executada, deve obedecer a certo campo harmônico, para que a sonoridade da música seja agradável. Cada estilo musical possui uma maneira de tratar seu campo harmônico, por exemplo, na Bossa Nova, as dissonantes (alterações de acordes) mais utilizadas são as sétimas maiores, nonas e nonas diminutas. Não que a bossa não utilize outros acordes, porém são estas alterações que caracterizam o estilo, enquanto no blues, a utilização de sétimas menores é indispensável.
  O Campo harmônico é formado por aqueles acordes que naturalmente aplicamos na música de acordo com sua tonalidade. Este campo obedece a uma regra de percepção, cujos acordes recebem nomes para que possamos tocar uma mesma música em qualquer tom.

Um campo harmônico natural possui:
Tônica(T), Dominante(D), Sub Dominante(S), Relativa da Tônica (RT), Relativa da Dominante (RD) e Relativa da Sub Dominante(RS).

 Imagine por exemplo, a tonalidade de Dó Maior, e faça sua escala harmônica:
 Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, Dó, Ré. 
Conte a partir da primeira nota os graus, como: 1o, 2o, 3a, 4a, 5a, 6a, 7a, ... (Lê-se primeira, segunda, terça, quarta...) A partir destas duas colocações, monte os acordes possíveis dentro da tonalidade que abaixo segue, contendo o campo harmônico de Dó Maior.

Dó Maior:

C, Dm, Em, F, G, Am

Temos então :
Tônica : C - A partir do 1o Grau
Dominante : G - A partir do 5o Grau
Sub Dominante : F - A partir do 4o Grau
Relativa da Tônica: Am - A partir do 6o Grau
Relativa da Sub Dominante: Dm - A partir do 2o Grau
Relativa da Dominante: Em - A partir do 3o Grau


Veja também algumas outras tonalidades:

Si bemol Maior:

Escala: Sib, Do, Re, Mib, Fa, Sol, Lab

Campo: Bb, Cm, Dm, Eb, F, Gm


La Maior:

Escala: La, Si, Do#, Re, Mi, Fa#, Sol#

Campo: A, Bm, C#m, D, E, F#m


Sol Maior:

Escala: Sol, La, Si, Do, Re, Mi, Fa#

Campo: G, Am, Bm, C, D, Em


Tente agora montar o campo harmônico das seguintes tonalidades: 

Mi Maior:

Escala: Mi, Fa#, Sol#, La, Si, Do#, Re#

Mi Bemol Maior:

Escala: Mib, Fa, Sol, Lab, Sib, Do, Re

Bons estudos !


06 dezembro 2013

Curso de Violão e Guitarra - Diferentes tipos de cordas

http://www.artmaiashop.com

   Diferentes tipos de guitarras e violões exigem diferentes tipos de cordas. Os violões clássicos e de flamenco tem cordas de nylon e delas vêm parte do seu som suave e percussívo. As cordas agudas são feitas de nylon puro, enquanto as cordas graves são cobertas com uma camada de prata em volta de um núcleo de nylon. 

 http://www.artmaiashop.com
 
 Outros violões precisam de cordas de aço, que oferecem um som mais radiante e mais sustentado que as cordas de nylon. Essas guitarras acústicas usam uma mistura de cordas de aço inoxidável (para os agudos) e cordas de aço com bronze (para os graves).
As guitarras devem ser equipadas com cordas de aço para que seus captadores magnéticos funcionem. As cordas para as guitarras costumam ser de calibre mais leve que aquelas para violões e podem ser feitas de aço puro ou aço coberto com uma camada de níquel; o revestimento aumenta a durabilidade ás custas de algum som agudo. Você também pode encontrar cordas mais lisas com rolamento suave; elas produzem menos ruídos ás custas de uma resposta um pouco abafada nos agudos. Por isso, elas são apropriadas principalmente para trabalho em estúdio e estilos de jazz. 

 http://www.artmaiashop.com

    Todas as cordas de guitarra e violões, exceto aquelas para violão clássico e para guitarras de ponte flutuante, apresentam uma ponta redonda que permite fixar com segurança a extremidade de cada corda ao instrumento.