16 janeiro 2012

Curso de Violão e Guitarra - Escalas Menores Naturais

 
 As escalas menores naturais são derivadas das Escalas Maiores, a partir do seu VI grau, mantendo-se os intervalos. Vamos ver a escala maior de C:

I II III IV V VI VII VIII
C D E F G A B C


O seu VI grau é A (Lá). Então vamos separar a de Am (Lá menor): C D E F G A B C D E F G ...

Teremos então:

I II III IV V VI VII VIII
A B C D E F G A


Percebeu que as notas das duas escalas são as mesmas? Por isso dá-se a elas o nome de Escalas Relativas. Quando o tom da música for C, por exemplo, você poderá improvisar utilizando as escalas de C (Dó Maior) ou Am (Lá menor). E vice-versa. Esta "relatividade" pode - e deve - ser utilizada para todas as notas. O VI grau de uma escala maior é SEMPRE sua Relativa Menor; o III grau de uma escala menor é SEMPRE sua Relativa Maior.

Notamos, também, que nossa fórmula, a partir da Tônica Menor, ficou assim: 
| tom 1/2 tom tom 1/2 tom tom |

 Tente escrever todas as escalas naturais menores. Confira pela fórmula.

Viu? Passou aquele medo de escala que você tinha? Ainda não... Mas veja: com esta pequena introdução, muito fácil, por sinal, você já é capaz de formular 24 escalas - 12 maiores e 12 menores. Com uma vantagem: você só teria que decorar 12, já que as outras 12 são suas relativas (contém as mesmas notas). 


Nenhum comentário: