14 março 2006

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO E GUITARRA - Acordes ( Parte 2 ) - Classificação dos acordes


Classificação do Acorde Quanto a Sua Formação Interválica
como vimos na aula anterior podemos classificar os acordes de acordo com sua formação interválica:
- De acordo com o intervalo de terça ele pode ser maior (3M) ou menor(3m). - De acordo com o intervalo de quinta ele pode ser diminuto (5dim) , perfeito (5j) ou aumentado (5aum).
Classificação do Acorde Quanto o seu Baixo
Chamamos de baixo a nota mais grave do acorde. Podemos montar o acorde não apenas partindo de sua nota tônica mas também a partir de qualquer outro intervalo. De acordo de com o seu baixo, ou seja, sua nota mais grave o acorde pode ser classificado como fundamental ou invertido.
Acorde fundamental é aquele em que o seu baixo é a nota fundamental, ou seja, a tônica será a nota mais grave.
Exemplo l - Acordes Fundamentais - Tônica no Baixo
C – E -G, T=CD – F# - A, T=DE – G# - B, T=E
Acorde Invertido é aquele em que o baixo não é a nota fundamental. Quando a terça está no baixo dizemos que o acorde está na 1a. inversão.
Exemplo 2 - Acordes Invertidos - 1ª Inversão - Terça no Baixo
E – G – C, T=EF# - A – D, T=F#G# - B – E, T=G#
DÓ Maior com MI no baixoDÓ Maior na 1ª Inversão

Quando a Quinta está no baixo dizemos que o acorde está na 2a. inversão.
Exemplo 3 - Acordes Invertidos - 2ª Inversão - Quinta no Baixo
DÓ Maior com SOL no baixoDÓ Maior na 2ª Inversão

Nenhum comentário: